25 de dez de 2010

Feliz Natal

Feliz Natal, para mim, para você, para todo o mundo. Muitos presentes e talvez algum livrinho ou o DVD da 1° temporada de glee, ou da de Vampire Diaries, ou da terceira temporada de Gossip Girl….

Estou indo viajar hoje e volto dia 1, portanto sem posts durante esse tempo, mas eu vou tentar agendar um post para dia 1.

Já que é Natal eu vou deixar um vídeo natalino que eu vi no youtube e adorei.

16 de dez de 2010

Nerds - Phaenomen

Depois de alguns anos rondando livrarias eu comecei a jurar que os franceses não escreviam mais livros, o que é muito triste porque a França teve vários grandes escritores e também deve ser maravilhoso ler uma historia passada na Paris de hoje.

Mês passado pesquisando sobre um livro para poder postar no blog eu descobri sobre dois livros franceses que parecem ser maravilhosos (mas eu não vou falar sobre eles ate eu comprar e lê-lós). Ontem eu estava no shopping, não tinha nada para fazer fui para a Saraiva (obvio¬¬) ai eu vi um certo livro chamado Phaenomen e com uma capa maravilhosa e autor francês!!

Para o pessoal da Clínica do Lago, Violaine, Claire, Nicolas e Arthur são simplesmente quatro adolescentes loucos, estúpidos e inúteis. Isso até que o único médico que realmente se importa com eles é sequestrado e os jovens resolvem escapar da clínica para encontrá-lo. Repentinamente, os quatro são levados a uma aventura incrível e tem de enfrentar seus medos para salvar o Dr. Barthélemy. Em uma saga de tirar o fôlego, os jovens se dão conta que também estão prestes a descobrir um dos maiores segredos do século XX. A vida deles nunca mais será a mesma. A história da humanidade também não. Uma perseguição emocionante, em que os quatro adolescentes terão de mergulhar na fonte de suas supostas deficiências para descobrir que, na verdade, elas são seus grandes poderes sobrenaturais e sua única esperança. Um eletrizante suspense com aventura, mistério e amizade.

O autor (Erik L'Homme) já teve outras obras lançadas inclusive (milagres dos milagres) lançadas aqui no Brasil. Phaenomen foi lançado em 2006 na França e este ano aqui no Brasil. Para quem gosta de aventura talvez este livro seja um bom pedido ao Papai Noel.

13 de dez de 2010

Nerds - Todo Mundo Que Vale A Pena Conhecer

Todo Mundo Que Vale A Pena Conhecer da mesma autora de O Diabo Veste Prada é um livro maravilhoso. Vamos à sinopse com algumas adaptações feitas por mim:

Bette Robinson só anda apressada pelas ruas de Manhattan, correndo pra baixo e pra cima, em seu emprego "semi-escravidão" no banco UBS. Ela já está cansada das 80 horas de trabalho semanais, do cubículo claustrofóbico e das detestáveis frases-do-dia de seu igualmente detestável chefe. Aos 27 anos, a impulsiva Bette tem a certeza de que não vai sentir saudades do emprego. E decide arriscar: simplesmente pede demissão, diz adeus e bye-bye. Graças a um tio colunista social, Bette conhece a diretora da Kelly & Company, a agência de RP e Eventos mais bacana de Nova York. De uma hora para outra, ela tem um emprego novinho em folha, cuja principal exigência é ver e ser vista. As novas responsabilidades de Bette passam a ser morra de inveja! - frequentar as boates mais descoladas de Nova York e organizar as festas mais concorridas, de preferência as que atraiam celebridades como Jerry Seinfeld, Jay-Z e James Gandolfini. Bette então aprende a não piscar diante dos rostos famosos, dos cartões de crédito Platinum, das garrafas de Cristal ou dos paparazzi. Logo ela está namorando (namorando de mentirinha) um playboy (advogado inglês playboy) de reputação duvidosa,(que eu sempre soube o que ele era) o que é ótimo para sua carreira, porém péssimo para a sua vida pessoal - porque acaba afastando (sua melhor amiga) o único cara decente que ela encontra (Na verdade o seu trabalho a aproxima a ele, mas ela só encontra - ou pelo menos agente só percebe que ele é o par romântico dela -  na metade do livro, serio isso só acontece depois da pagina 200). Ainda assim, como seus colegas de trabalho vivem dizendo: Como reclamar de um emprego em que você ganha para se divertir? Ela concorda, até o momento em que seu nome começa a aparecer em colunas de fofoca (Em uma coluna de fofocas). É quando sua vida toma todo um novo significado, e ela descobre que a linha entre a vida particular e a profissional é... invisível.

Para ser sincera eu gostei mais deste livro do que de O Diabo Veste Prada, achei que TMQVaPC bem mais estilo chick lit do que ODVP, achei que teve mais romance e bem mais humor, além de ter a ironia que eu tanto adoro. Eu o definiria como um perfeito exemplo de Chick lit.

PS: Vou colocar a capa americana porque  ela segue o estilo das outas capas da autora. Um salto alto.

10 de dez de 2010

Nerds - Em Outrolugar

Para onde nós vamos quando morremos? A maioria das pessoas acha que é para o céu ou o inferno, os gregos acreditavam que nós iamos para o mundo inferior – o mundo de Hades – Eu particularmente acho que a morte é um grande blackout e quando você morre você passa a existir somente na memoria das pessoas. Para ser sincera eu não gosto muito de achar isso, eu queria poder acreditar que quando agente morre agente volta e renasce na Terra de novo, a vida é tão curta que parece uma injustiça vive-lá só uma vez.

Em Outrolugar é um livro que trata desse assunto. Liz é uma menina de 15 – quase 16 – anos que morre atropelada por um taxi. Quando Liz acorda, ela esta em um navio indo para Outrolugar. Outrolugar é para onde todos vão quando morrem, lá as pessoas envelhecem ao contrario, ou seja se você morre aos 16 em vez de você fazer 17 você faz 15 de novo e assim vai ate você virar um bebê e voltar para a Terra para renascer como outra pessoa.

Liz vai para outro lugar e conhece sua avó Betty lá e também faz uma amiga, mas Liz ainda esta muito presa na Terra e ela entra numa depressão enorme, quer dizer, ela morreu aos 15, ela ainda tinha toda uma vida na Terra e os amigos e a família dela ficaram todos na Terra, além disso Liz sente muita falta de nunca ter se apaixonada, ao menos não de verdade. Despois de algum tempo de crise ela conhece Owen – ele era bombeiro e morreu em um incêndio aos 26 anos, quando Liz chega a Outrolugar ele tem 17 – surpresa da surpresas… Eles se apaixonam! Mas é logico que eles têm que enfrentar alguns problemas se não o livro não teria graça.

Em resumo, o livro é uma boa leitura se você gosta do assunto e se você gostou da resenha. Na minha opinião´não é um livro que eu tenha morrido de amores mas é um livro que algum dia eu vou reler.

9 de dez de 2010

Idiotas - Como se Tornar o Pior Aluno da Escola

Eu li esse livro faz décadas, juro que não sei como ainda não postei sobre ele. Aqui vai a sinopse Ctrl + C Ctrl + V da saraiva.

Danilo Gentili foi o pior aluno da escola. Em seu histórico escolar acumulou 78 assinaturas no livro negro, 12 suspensões e 1 expulsão. Na infância ele já dava mostras de seu futuro: aos 4 anos fez sua primeira piada inconveniente e aos 7 começou a desenhar planos terríveis. Apesar de ter sido expulso algumas vezes da sala de aula da faculdade, conseguiu formar-se em Comunicação Social. Após a expulsão de vários empregos, ajudou a erguer o cenário da Comédia Stand-up no país e foi convidado para integrar o programa de humor CQC – Custe o que Custar. Em sua primeira matéria para o programa conseguiu ser expulso do zoológico e a primeira vez em que visitou Brasília foi expulso do Congresso.  Ou seja, se existe alguém neste mundo que sabe como é ser o pior aluno e, ainda assim, se dar muito bem, este sujeito é Danilo Gentili, que, além de tudo isso, acaba de lançar seu primeiro livro: Como se tornar o pior aluno da escola - Manual completo, ilustrado, revisado e não recomendado para estudantes, com textos e ilustrações de sua autoria (os anos de rabiscos pelos cantos dos cadernos tinham que render alguma coisa!).

“Ser o melhor aluno da escola é para os fracos! O estudante nota 0 exemplar aguenta bravamente a patrulha dos certinhos, tira de letra as punições e terá em sua sala de troféus as mais variadas advertências e suspensões, tornando-se uma lenda para as próximas gerações escolares. Você está preparado para se tornar o pior aluno que a escola já viu? Então seja bem-vindo a este curso intensivo.” - Danilo Gentili

O livro ensina novas táticas de cola, modos de matar aula, (apesar que todo mundo sabe que não é agente que mate aula e sim ela que nos mata) inventar nome para os colegas, copiar trabalho da internet e outras 19 coisas. Ao todo o livro conta com 23 lições e todas eles ensinadas com muito humor. O livro perfeito para se ler naquela aula inútil tipo educação artística ou ensino religioso ou filosofia, ou matemática, português, química…

7 de dez de 2010

Nerds - Fugalaça (part II)

Em outubro eu postei a sinopse do livro com um pouco de medo do livro não ser bom. Hoje eu terminei de ler e eu gostei do livro – gostei muito do livro – ele é diferente do que eu estou acostumada a ler.

A minha primeira ressalva contra o livro foi “ai meu deus a autora é brasileira “ eu já li alguns – para ser sincera muito poucos - livros da literatura brasileira atual - do romantismo e realismo brasileiro eu já li vários - e claro que gostei de alguns e me decepcionei com outros. A questão é que eu costumo ler livros americanos, ingleses, franceses, sempre internacionais e para ler um livro brasileiro sobre uma garota de 16/17 anos eu tive que engolir uma pequena porção de preconceito antes de comprar o livro.

A historia não tem uma linha continua no tempo, ela começa pelo fim, aos 17 anos da personagem, vai para pouco antes do fim, seguida dos 15 anos da personagem ai vai pros 11 para depois saltar para os 16 e dai segue para o fim da historia (e em algum ponto da historia ela visita seus 14 anos) No começo eu tive alguns problemas com a linha do tempo mas depois me acostumei. E a historia se passa entre o Rio de Janeiro e a minha perfeita São Paulo.

Satine é uma personagem no mínimo original, ela se droga, bebe, se corta, gasta rios de dinheiro e é extremamente intensa em suas emoções. Uma garota bastante problemática, que no começo pode parecer pueril e que com o passar da historia agente vê que ela tem profundidade.

Uma coisa que me chamou muitooo a atenção foram as palavras e frases de efeito usadas pela autora. Eu fiquei de quatro pelo modo dela escrever, o jeito que ela usa as palavras torna a prosa uma poesia.

O livro é meio forte – recomendo aos mais fracos lê-ló com uma barra de chocolate ao alcance da mão – sem muitas descrições e sem muitos diálogos a maior parte do livro ela conta em discurso indireto os acontecimentos ou diserta sobre a vida e seus sofrimentos. Fugalaça é um livro que acaba se destacando dos demais seja pela capa, seja pelo historia ou seja pelo modo da Mayra Dias Gomes conta-lá.

1 de dez de 2010

Nerds - Sábado sem Noção

Teve dois lançamentos do ID que eu fiquei ansiosa para ler; Sábado sem Noção e Personal Demons: Amor Infernal. Eu escolhi postar sobre SsN porque achei q PD, ao menos na sinopse, parecido demais com Fallen.

Para a infelicidade da minha preguiça o livro é bem novo aqui no brasil então eu tive que apelar ao meu inglês.

Rebecca e Carlota, duas amigas inseparáveis. Rebecca é do tipo certinha. Ao conhecer Carlota descobre que a vida pode ser muito mais divertida. Carlota é do tipo rebelde. Ao conhecer Rebecca descobre a utilidade de ter uma amiga ajuizada. Ambas são fanzérrimas da revista Teen Spice, cujos conselhos nem sempre devem ser levados ao pé da letra… Juntas, Rebecca e Carlota vivem uma AVENTURA RADICAL , um passeio alucinante pelas delícias e perigos de uma cidade como Londres. Contado de dois pontos de vista diferentes, este SÁBADO SEM NOÇÃO envolve passeios de limusine, beijos, muitas encrencas e a descoberta do valor da amizade e da capacidade de perdoar.

Quanto à parte de perdoar eu tenho certeza que a Carlote pegou o namorado da Rebecca ( que no livro original se chama Bethany, juro que não entendi a necessidade de mudar o nome dela). O titulo originam é Extreme Kissing um trocadilho com um esporte que inspirou o livro Extrem Ironing (que eu juro que não faço ideia sobre o que seja).

O livro foi muito elogiado… (ainda não descobri se o livro é inglês ou americano, apesar de o nome da autora ser hispânico) e pela capa o livro tem cara de ser engraçado. Fiquei bastante entusiasmada com ele, provavelmente eu use o meu vale-presente de aniversario e o compre.

30 de nov de 2010

Nerds - O Xango de Baker Street

Neste livro surpreeendente, Jô Soares alia uma rigorosa pesquisa historica sobre a vida no Rio de Janeiro do Segundo Reinaldo à sua inventidade sem fronteiras. Romance comico-policial, O Xango de Baker Street constitui uma engraça mistura de cenario muito preciso do passado – a capital do país por ocasião da primeira visita da legendaria atriz francesa Sarah Bernhardt –, figuras conhecidas da historia politica e cultural do país, como Olavo Bilac, Chiquinha Gonzaga, Paulo Nei, D. Pedro II, e personagens de ficção – Sherlock Holmes e o indefectivel Dr. Watson –, importados para desvendar o desaparecimento inconveniente de um violino Stradiavarius que que deixara o imperador em palpos de aranha. Mas as ilustres criaturas de Conan Doyle acabaram sendo  requisitados para solucionar uma serie de crimes hediondos e enigmaticos. O resultado é um livro delicioso, em que as modas e os custumes da capital imperial no seculo passado vêm acompanhadas de algumas suposiçoes mais ousadas, com, por exemplo, a de o Brasil ser o berço do primeiro serial killer da historia. Por sua vez, o texto vai do jocoso dos dialogos e da gozação do francesismo brasileiro de então ao hilariante de diversas cenas, revelaçoes estarrecedoras sobre a vida alimentar, farmacolohgica e sexual do famoso detetive da rua Baker. O sherlock de Jô descobrirá as delicias sensuais dos tropicos, aprenderá alguns costumes nativos, exercera seus brilahntes dotes dedutivos (para espanto e incredulidade), mas sera obrigado a adimitir que os crimes abaixo do Equador não são tão elementares, meu caro leitor

Eu me apaixonei pelo texto de comtra capa do livro, acho que deve ter sido umas abas mais bem escritas que eu ja vi. Algumas imformações que a aba não da é que o violino foi roubado da baronesa de Avare, Amante de D. Pedro ( a baronesa é uma personagem ficticia) e que a partir dai mulheres começaram a serem mortas e em todas elas foi encotrada uma corda de violino.

O livro é genial, durante o livro tem algumas sacadas – como a criação do termo serial Killer, a criação da caipirinha e no final a ligação entre o serial killer da historia e um certo serial killer ingles – que são genias, muito inteligentes mesmo.

Como eu nunca li nenhum livro do Lord Conan Doyle eu não posso dizer se o Holmes e o Watson mantem suas personalidades dos livros originais, mas o que eu posso afirmar é que o Sherlock do Jô é meio sem noção, meio Jack Sparrow da vida, o que torna as coisas mais engraçadas.

O livro é engraçado, empolgante, misterioso e acima de tudo inteligente, um perfeito livro de serial killer. E para quem gosta do genero Perfume – A histroia de um assasino e os livros da autora TESS GERRITSEN são super recomenados.

Ps: O filme sobre o livro O Xango De Baker Street é muito bom, por causa dele que eu começei a ler o livro. 

Parceria com a editora ID

Hoje eu recebi um email da editora ID dizendo que o MEU blog foi selecionado para ser parceiro deles. Ai em breve eu vou receber o regulamento para poder oficializar a parceria.
Eu estou muitoooo feliz, de verdade. Quando eu me inscrevi eu achei que não ia dar em nada porque outros blogs melhores deviam ter se inscrito, então quando eu li o email a minha surpresa foi enorme, eu tive que ler mais uma ou duas vezes para acreditar que a ID não tinha se enganado e mandado para o email errado.
Para comemorar meu próximo (leia-se próximo post depois do post que eu vou postar hoje) post vai ser ou de Sábado Sem Noção ou de Personal Demons – Amor Infernal, ambos livros da ID.

29 de nov de 2010

Nerds - Tempo dos Anjos

Cada vez mais se vê livros de anjos nas prateleiras das livrarias ocupando o lugar que antes pertencia aos vampiros. Agora imaginem a ironia da maior escritor de vampiros escrever sobre quem esta substituindo a sua mina de ouro.

Anne Rice foi consagrada no final dos anos 70, começo dos 80 com Entrevista com Vampiro e depois com mais livros fantásticos sobre vampiros e também sobre bruxas (acabei de comprar pela cultura) além de outros series fantásticos. Em 2005, depois da morte de seu marido, ela abandonou o ateísmo e abraçou a fé católica, seus livros desde então tem uma tendência mais para o religioso (principalmente no livro que ela escreveu que conta a vida de jesus). Mas esse ano ela disse que descordava da igreja católica e decidiu se afastar dela, mas ela ainda vive em um mundo de fé e etc, em fim vejam a entrevista dela para a Época, agora voltemos ao livro:

Tempo dos anjos apresenta um assassino de aluguel, Toby O'Dare, que um dia, logo após cometer um crime, recebe a visita de seu anjo da guarda, Malchiah, oferecendo a ele a chance de se redimir de seus pecados. O'Dare, que um dia aspirou entrar para o seminário, mas teve sua vida virada pelo avesso após uma tragédia pessoal e tornou-se um homem frio, inicia então uma viagem no tempo, sendo levado à Inglaterra do século XIII, onde torna-se protetor de um casal judeu erroneamente acusado de ter assassinado a própria filha, convertida ao cristianismo. Repleto de reflexões morais e religiosas, Tempo dos anjos aborda a dificuldade humana para conciliar amor, fé e razão.

Eu ainda não li o livro e talvez acabe nem lendo, mas eu postei sobre ele porque eu achei a sinopse interessante. As criticas sobre o livro são positivas, principalmente quanto a parte histórica, as criticas dizem que as descrições dela sobre a idade media são fantásticas. Fica a dica para quem gosta do gênero.

21 de nov de 2010

Nerds - Percy Jackson e o Ladrão de Raios

Um tempo depois de ter sido lançado Harry Potter e as Relíquias da Morte, eu comecei a me sentir meio carente de livros com aventura e com o lançamento do penúltimo filme do Harry essa carência aumentou. E eu também me sinto meio carente em relação a series de livros, quer dizer Harry Potter já acabou, Diário da Princesa acabou, Crepúsculo acabou, Sociedade Secreta Rosa&Túmulo acabou, A Mediadora e Desventuras em serie já acabaram faz tempo e Becky Bloom já deve estar nos seus últimos livros. As vezes quando eu termino de ler uma serie (principalmente uma que eu já leio a muito tempo) eu sinto como se as coisas não se completassem, como se tivesse um vazio dentro de mim. Desde que as minhas series acabaram eu comecei a ler outras (Fallen, Anita Blake, Cabeça de Vento...) só que eu ainda não tinha encontrado o meu livro de aventura. Ai eu vi o filme e fiquei com vontade de ler o livro, eu sempre gostei de mitologia grega e eu estava com aquela minha carência.Com Percy Jackson eu senti que o vazio que Harry tinha deixado em mim, foi meio preenchido. Meio, não totalmente.

Percy (Percy é apelido, o nome mesmo dele é Perseu) é um garoto de 12 anos com diagnóstico de dislexia e transtorno de deficit de atenção. Ele é considerado um garoto meio rebelde, mudando de escola a cada 6 meses mais ou menos, mas a culpa não é dele se coisas estranhas sempre acontecem com ele. Um tempo depois da professora de álgebra tentar matar ele, a mãe e o melhor amigo dele levam ele pro acampamento de verão dos Meios-sangue e lá ele descobre que é um semi-deus, filho de Poseidon (que em tese estava proibido de ter filhos com mortais) e ele também descobre que o Raio Mestre de Zeus foi roubado e ele acaba saindo em missão para resgatar o raio de Zeus junto com o melhor amigo dele (Grover) e uma nova amiga ( Annabeth, filha de Atena). No meio do caminho eles enfrentam vários seres mitológicos, além de encontrar alguns deuses.

Aventura e ação são o segundo nome da serie, e o livro também é meio engraçado, principalmente quanto aos nomes dos capítulos (Sem querer transformo em pó minha professora de iniciação a álgebra, como me tornei o rei supremo do banheiro, um deus paga um cheeseburger para nos, de certa forma descobrimos a verdade, Meu melhor amigo compra um vestido de noiva...) O livro é contado em 1° pessoa e o maior defeito do livro é que as vezes você pensa: "Atá... e ele tem só doze anos ?". Mas isso é só um detalhe, no geral o livro é muito legal e bastante empolgante. E para a minha felicidade eu encontrei uma nova serie para ler, que a propósito ano que vem vai ser lançado o 1° livro da 2° serie sobre os olimpianos e o acampamento Meio-Sangue.

17 de nov de 2010

Nerds - Ninguem como Você

Sabe aqueles livros de 200/300 paginas com milhares de microcapítulos que você lê em um dia??? NcV é bem assim.
Holly é uma garota que esta no ultimo ano do colégio, sem nenhum namorado, com uma mãe que morreu de câncer e com apenas um amigo (Nils) ela é o oposto das garotas populares. O livro começa com ela perdendo a virgindade no banco de traz de uma mercedes cheirando a cigarro com um cara que tem namorada, uma namorada que é da turma das populares. Depois de alguma insistência dele, eles viram amantes, mas depois de um tempo ele começa a fazer mal para ela e para piorar ela conhece a namorada dele (que tem um nome muito estranho e difícil de se lembrar) que é um amor de pessoa. O melhor amigo dela também é um problema, ele resolveu virar um galinha, do tipo que esta com uma menina diferente a cada dia. E também tem o fato que a mãe dela morreu de câncer seis messes antes da historia começar.
Eu achei maravilhoso o jeito que a autora abordou o tema câncer; Holly ficou totalmente complanada com isso, ela vive passando as mãos no peito para ver se acha algum caroço e ela morre de medo de pegar câncer, na verdade ela morre de medo de morrer. Achei que toda essa questão câncer/medo de
morrer tornou a Holly humana e real, afinal que atire a primeira pedra quem não tem medo da morte. Outra coisa que eu adorei foi a relação da Holly com o Nils. Eles são muito amigos mesmo e ele é um amor de pessoa com ela, não há ninguém como ele. E eu não posso falar mais porque o livro é realmente pequeno.
O livro me deixou bastante impressionada; a historia não se foca em romance ou amizades, a historia fala dos dois e principalmente da vida e sobre a Holly, fala sobre crescer, cometer erros, se enganar e um pouco sobre a morte e como enfrenta-la. Falando desse jeito ate parece que o livro é cliché, só que ele é o oposto disso e eu acho que foi por isso que ele me impressionou e impressionou tantas outras pessoas.

13 de nov de 2010

Algo Mais - 18 to Life

18 to Life é uma serie canadense e bem nova (esta no 6° episódio) e também curta (tem certa de 20 minutos cada episódio), mas apesar de tudo isso a serie é genial, ela é muito engraçada e de um jeito inteligente.
Jessie Hill e Tom Bellow são melhore amigos e também namorados, eles tem 18 anos e em um belo dia em um parque, eles estavam brincando de verdade e desavio e ela desafia ele a pedi-la em casamento. Ele acaba pedindo e os dois resolvem se casar, só que os pais deles não gostam disso; os pais dele acham um absurdo eles se casarem com 18 anos ate porque eles devem se focar nos estudos e os pais delas acham um absurdo eles se casarem porque o casamento é uma coisa de burguês e etc... A propósito eles são hippies. Os pais acabam se unindo para tentar separar os dois e isso gera situações bem divertidas.
A serie é engraçada, inteligente, fofa também e os personagens são otimos , é quase um absurdo a serie ter só 20 minutos por episódio.

12 de nov de 2010

Nerds - Diário de uma Paixão

Eu não sou muito fã do Nicholas Sparks por milhares de motivos, mas ate que eu gostei de Diário de uma Paixão. O motivo para eu estar falando de um livro que foi lançado a muito tempo atrás e que a maioria das pessoas viu o filme (que alias é lindíssimo) é que o livro não tem uma edição brasileira, essa edição só vai ser lançada agora dia 15 desse mês, pela editora Novo Conceito (editora que lançou outros 3 livros do Nicholas Sparks aqui no Brasil) e o livro tem uma capa linda, na minha humilde opinião capa mais bonita que a portuguesa.

Para quem não viu o filme DduP é uma historia linda de paixão que começa em 1932, Allie é uma garota rica que vai passar as ferias de verão na Carolina do Norte e lá ela encontra um summer love, o Noah, que é um amor mas é pobre. Acaba o verão eles, se separam, mas prometem trocar cartas. Por ele ser pobre a mãe dela começa a interceptar as cartas que ele mandava pra ela. 14 anos se passam ele serve na 2° guerra como soldado e ela como enfermeira, durante a 2° guerra ela encontra um cara e eles ficam noivos, só que pouco antes de seu casamento, ela uma noticia no jornal sobre o ex amor dela e decide procura-lo.

Faz tempo que eu li, mas eu não me lembro de ter encontra muitas diferenças do livro pro filme e eu não achei o livro tão carola quanto os outro livros do Nicholas Sparks. Quem gostou de a Ultima Musica e Querido John com certeza vai amar esse

7 de nov de 2010

Idiotas - Classicos Fantasticos

A editora Lua de Papel (mesma editora de Jane Austen - A Vampira e daquela versão de o Morro dos Ventos Uivantes que na capa fala do Edward e da Bella) seguindo a linha dos americanos que estão parodiando os livros da Austen e mais alguns, também parodiou 4 dos nossos clássicos brasileiros; Senhora, O Alienista, Dom Casmurro e Escrava Isaura. Aqui vai a sinopse dos 4 livros.
Senhora, A Bruxa - Aurélia Camargo é poderosa, rica, linda e solteira, ela consegue enfeitiçar todos os homens à sua volta. Uma mulher assim tinha que esconder algum segredo. Nesta versão do romance o folhetim de época vira uma trama sobrenatural, com elementos de magia. A vingança de Aurélia contra o ex-namorado agora é elaborada com a ajuda das misteriosas irmãs Blair - feiticeiras que há mais trezentos anos semeiam a discórdia entre os pobres casais apaixonados. Aurélia, neste livro, está envolvida no plano maligno das irmãs Blair, feiticeiras celtas em busca de vida eterna e para realizar a poção mágica que as fará viver para sempre, as bruxas precisam conseguir: 4 lágrimas de amor, 2 juras de ódio e 1 gota de sangue (obtida em ferimento feito pelo ser amado, com objeto de prata e na intenção de matar).
O Alienista Caçador de Mutantes - é uma versão revisitada de um dos contos de Machado de Assis. A vila de Itaguaí é alarmada pela queda de uma nave espacial e por uma névoa que causa mutações alienígenas. Quem cuidará do caso é o médico Simão Bacamarte, que recebeu do povo a
alcunha de alienista, uma combinação de alien com especialista.
Dom Casmurro e os Discos Voadores - A personagem Capitu, de Machado de Assis, tinha como principal característica os dissimulados olhos de ressaca. Nesta versão de 'Dom Casmurro', o mistério por trás dos olhos de Capitu vai além, está diretamente ligado ao mar. A trama romântica sofre a interferência de seres alienígenas e andróides, disfarçados sob os personagens originais de Machado. Cabe ao leitor, identificar quem é quem. Bentinho não está apenas envolvido no triângulo amoroso, mas numa disputa de forças intergalácticas. Um combate entre as evoluídas civilizações reptiliana e aquática, que habitam o planeta Terra há milhões de anos.
Escrava Isaura e o Vampiro - Este é um livro de humor e terror. Se fizer a leitura à noite, deixa a luz acesa, vampiros e zumbis atacam no escuro, além de ser difícil de ver as letras. Criado por Jovane Nunes, encontra sua melhor descrição nas palavras do próprio autor: “Esta obra horripilante é baseada em fatos mentirosos e qualquer semelhança com a realidade é mera criação do autor. Digo isso para fugir de qualquer tipo de reclamação na justiça. Meus advogados e a própria editora me aconselharam a tomar esse cuidado. É possível que algum vampiro se sinta prejudicado em sua imagem e queira me processar. Quanto a isso, deixo claro que não tenho nada contra os vampiros. Particularmente, não gosto de beber sangue, mas não tenho nada contra quem faz isso socialmente”.
Parodias costumam ter algum humor (o autor de escrava Isaura e o vampiro pelo menos mostrou ter) e pra quem é fã sempre é legal ler esse tipo de livro. Eu, por exemplo, estou louca para ler Senhora, a Bruxa.

3 de nov de 2010

Nerds - Love Story

Acho que todo mundo que costuma ir em algum lugar que vende DVDs e ir naquela parte que tem as promoções (a partir de 9,99 diz a placa, só que só tem 2 ou 3 DVDs que realmente custam 9,99) já deve ter visto sobre um filme chamado Love Story. Mas o post de hoje e sobre o livro que deu origem e não sobre o filme.
Esse post (mais uma vez) vai para a lista de livros que eu ainda não li, pretendo ler e posto antes de ler
O livro é americano e foi lançado em fevereiro de 1970, o livro acabou virando um best-seller nos Estados Unidos e foi traduzido para mais de 20 línguas, em dezembro do mesmo ano o livro virou filme e 7 anos depois o livro ganhou uma continuação. A propósito o autor se chama Erich Segal.
Oliver Barret, descende de uma família de ricos e famosos. Ele detesta o pai e adora futebol americano. Por outro lado, Jennifer Cavilleri, descende de uma família que não é rica nem famosa. Ela adora profundamente o pai e aprecia música e artes. E os dois acabam se apaixonando e se casando e pelo que eu li a historia é daquele tipo de drama que faz você chorar como se o mundo fosse acabar, mas aparentemente o livro também é meio divertido.
Como sempre tem criticas a favor e contra; uns dizem que o livro é cliché
outros que o livro é totalmente fofo e maravilhoso. O filme eu sei que foi indicado para 7 oscar e muitos consideram um dos filmes mais lindos de todos os tempos. Mas ate ai quem é louco o suficiente para julgar um livro pelo filme?
Eu fiquei realmente com vontade de ler o livro, só que ou a tradução nunca chegou aqui no Brasil ou chegou mas se esgotou e não quiseram publica-la de novo. Então quem quiser ler o livro ou pela internet ou em inglês.
Dessa vez no lugar da capa do livro eu preferi colocar um vídeo com fotos do filme. Vejam com carinho!


31 de out de 2010

Nerds - Escuridão

Hoje é dias das bruxas, ou Halloween (Vocês que escolhem) e dia de votação... Mas eu não pretendo falar sobre politica.
Mas falando em acontecimentos macabros... Escuridão é um livro de ficção escrito pela italiana Elena P. Melodia (eu fico tão feliz quando eu consigo dizer o nome de um autor e ter certeza que ta certo) e pelo que eu li o livro já é um sucesso por la.
A historia é sobre Alma, 17 anos, que compra um caderno e páginas que estavam em branco à noite amanhecem escritas na manhã seguinte, com a letra de Alma. O texto descreve acontecimentos macabros. Pouco depois, eles se tornam realidade.
Eu acho difícil um livro dar medo, mas se esse livro der medo isso vai ser muito legal. Esse livro já ta na minha wish list faz algum tempo. Aqui vai alguns elogios ao livro:
- “Pleno de fantasia e romantismo” – Vanity Fair
- “Um suspense sombrio que virou objeto de culto entre os adolescentes” – L’Eco di Bergamo
- “Uma nova heroína para o público juvenil” – Elle
- “A ansiedade da adolescência e seitas satânicas numa mesma história” – La Repubblica
- “Os apaixonados por livros de fantasia urbana já têm do que continuar se alimentando” – Il Padova

30 de out de 2010

Algo mais - The Secret Life of The American Teenager

Depois de 5 Nerds eu me sinto meio aliviada de escrever um Algo Mais. TSLotAT não é uma serie exatamente nova, ela estreitou em 2008 e já esta na 3° temporada alem de ser exibida pelo bomerang. Mas aqui no Brasil essa serie não é lá muito famosa.
A série foca relações entre amigos e familiares de adolescentes. A história começa com uma inesperada gravidez de Amy Juergens, uma adolescente de apenas 15 anos e tem que escolher entre abortá-lo, dar ou mesmo ficar com seu bebê. Essa série é do gênero drama, romance e com algumas pitadas de humor. (by Wikipédia)
Quando eu li a sinopse eu achei que fosse uma serie cliché do tipo mistura de novela da globo (sempre com repeteco dos mesmo temas) com novela mexicana (nem vou comentar). Só que por algum motivo motivo as series sempre parecem tão melhores que novelas, eu acho que as series se focam em só um problema por isso elas contam bem esse problema, mas as novelas tentam se focar em vários e acabam não trabalhando direito esses vários temas, e também tem o fato das series serem exibidas 1 vez por semana, eu acho isso é extremamente saudável por vários motivos. Mas onde eu to querendo chegar é que TSLotAT não é tão cliché. Quer dizer a Amy engravida de um cara (e que cara!!) mas pouco tempo depois ela começa a namorar com outro (que não é de se jogar fora) mas ao contrario das novelas, ela pensa sim em aborto e demora muito para contar para os pais e no meio dessa gravides os pais dela se separação porque o pai tinha uma amante e ela não é louca de falar pra mãe que ela ta gravida quando a mãe ta tão arrasada. Alem disso a 1°, e única vez, foi horrível durou tipo uns 2 segundos e ela mal tinha percebido que aquilo era sexo.
Alem da Amy, tem outros personagens interessantes como Ricky (quem engravidou a Amy) que é muito galinha, o Ben (namorado da Amy) que é um amor de pessoas com ela, a Adrian que também é meio galinha só que é apaixonada pelo galinha da escola e tem a Grace que é muito religiosa e boazinha, pra dizer a verdade no começo eu achei ela chata só que depois eu comecei a gostar dela.
Pra dizer bem a verdade no começo eu achei a serie bem chatinha só lá pelo 3° episódio as coisas começam a ficar legais, depois do 3° a serie fica mais engraçada e os personagens começam a te conquistar e eu estou me sentindo aliviada por estar vendo uma serie com dramas de gente do higt school e dramas possíveis. Não acho que TSLotAt vá roubar o lugar de Greek no meu coração mas eu acho que vale sim perder tempo a assistindo (principalmente enquanto a 4° temporada de Greek não for lançada ;D ).

video

29 de out de 2010

Nerds - Anjos

No ultimo post eu fiz a resenha de um livro de ficção, hoje vai ser outra resenha sobre ficção, só que será mais sobre um tendência do que de livros em si.
Quem foi na livraria nesse mês de outubro deve ter percebido a enorme quantidade de livros de anjos em destaque. Lá pelas ferias de julho as livrarias já contavam com dois livros de anjo; Fallen (que eu achei ótimo) e Hush Hush (li vários elogios sobre HH).
Nesse segundo semestre surgiu nas livrarias brasileiras mais 7 livros sobre anjos; Beijada por um anjo (muito ansiosa para ler), Halo, Beautiful Dead (apesar que esses são uns anjos meio fantasmas) Anjos caídos (esse alem de anjo tem vampiro) Angelologia, Cidade dos ossos e Diário de um anjo (Pré-venda) e em breve será lançado The Knight angels - livro do amor pela nova editora Underworld.
Depois da maré de livros de vampiro que foram lançados e relançados desde Crepúsculo acha que vai ser bom ler sobre alguma coisa diferente só pra variar e (apesar de eu só ter lido um livro sobre anjos) eu gosto do tema, é original e... sei lá... é diferente.
Bom eu vou colocar uma enquete para saber o que vocês acham sobre essa nova mania de anjos e para saber se vocês acham que a mania vai pegar.

27 de out de 2010

Nerds - Fugalaça

Quem leu o ultimo post sabe que eu resolvi reler Harry Potter e por isso a resenha que eu vou fazer hoje vai ser bem mais uma sinopse do que resenha. A propósito, HP vai muito bem, obrigada e assim que eu terminar por aqui, Harry vai para Hogwarts junto com o Rony em um carro enfeitiçado.
Depois da minha decepção com a ultima musica eu fico um tanto insegura para falar de um livro que eu ainda não li, principalmente quando eu li tantas criticas severas a ele, apesar de também ter lido que o livro era realmente muito bom. Mas eu to entusiasmada com esse livro, a capa é totalmente diferente e na hora me lembrou Anjo_do_Sagrado_Coração (Na verdade a sinopse também me lembra AdSC) e a autora também é de se chamar atenção: filha de Dias Gomes, um grande roteirista da Tv brasileira - eu sou nova demais pra ter visto qualquer novela dele, mas os nomes que eu li eram famosos - que morreu quando a autora - Mayra Dias Gomes - tinha só 11 anos, só que o que mais chama a atenção é o fato de ela ter escrito Fugalaça aos 17 e o te-lo publicado aos 19. Eu fiquei de boca aberta com isso, eu tentei escrever algumas historias mais nunca consegui ir muito longe e eu tenho quase 17.
Quanto a historia eu não posso falar muito, eu fico dependente da descrição da saraiva: "Mayra Dias Gomes estréia na literatura desenhando um retrato da juventude contemporânea e de seu desespero. Com linguagem pop, ágil e atual, ela narra a surpreendente história de Satine, espécie de alter-ego que mergulha fundo no clichê sexo, drogas e rock'n'roll após perder o pai aos 11 e ver sua vida tomar novos rumos." uma outra coisa que me chamou a atenção foi algumas citações do livro: "...Alguém que morresse de ciúme de todos os meus amigos e me xingasse toda vez que ficasse insegura. E que eu pudesse curar essa insegurança com um simples olhar ou demonstração de afeto. Um amor que me instigasse a tatuar seu nome por lugares espalhados do meu corpo, que pertenceria só a ele. Que me fizesse comprar seu perfume e usá-lo em todas as minhas roupas para cheirá-las e senti-lo quando ele não estivesse comigo. Que me fizesse escrever poemas e músicas intensas explicando por A+B o por que de ele ser a razão da minha vida."outro que eu gostei foi: "Sempre gostei de andar de salto agulha na beira do penhasco, saboreando o perigo e sentindo o vento borrar minha maquiagem e bagunçar meus cabelos. Costumava correr na beirada, sabendo que um passo significaria o fim... Eu fui uma amante fiel do perigo. Nunca escondi os gemidos de prazer que me proporcionava nas profundezas dos meus lençóis. Era tudo tão excitante, era tudo tão ilusório..."
E com esse ultima citação eu deixo a sociedade carioca do sexo, drogas e rock and roll e vou para uma Inglaterra de bruxarias.

21 de out de 2010

Nerds - As Crônicas de Narnia

Eu decidi que vou reler Harry (Perfeito) Potter, por tanto os posts por no mínimo duas semanas e meia não vão ter nenhum livro novo e se tiver vai ser sobre algum livro que eu ainda não li.
Acho que todo mundo conhece, ao menos de nome os livros, ou os filmes, sobre Narnia. Me lembro que quando saiu Narnia - O leão a feiticeira e o guarda-roupa a capricho disse que esse seria o substituto de Harry Potter (Isso foi na época do lançamento do ultimo livro de HP) mal eles sabiam que Narnia não ia fazer tanto sucesso assim e que os bruxos seriam substituídos por vampiros.
Mas vamos esquecer o universo de Hogward e de Forks e voltar para Narnia. As Cronicas de Narnia é uma serie com 7 livros: O sobrinho do mago, o leão a feiticeira e o guarda-roupa, o cavalo e o seu menino, príncipe Caspian, a viagem do peregrino da alvorada, a cadeira de prata, a batalha final. Os livros foram lançados em uma ordem diferente, mas a ordem cronológica deles é essa.
Os livros foram escritos pelo irlandês C.S. Lewis, entre 1950 e 1956, e tem um pouco sobre a bíblia (por exemplo em O Sobrinho do Mago, há a criação de Narnia que é bastante parecida com a criação do mundo segundo a Bíblia, e a Batalha Final lembra o ultimo livro da bíblia, alem do leão Aslam ser tipo um deus de Narnia) também tem caracteres da mitologia grega e nortica.
Os livros são essencialmente sobre aventura (apesar de em o Cavalo e seu Menino ter um pouquinho, muito pouco mesmo, de romance). A primeira vez que eu li Narnia foi em 2005 e eu me apaixonei, o livro é repleto de aventura e acaba te contagiando (pelo menos LFeoG-R, CeosM, PC, VdPdA e a CdP me contagiaram) com toda a emoção de estar em um mundo completamente diferente, onde animais falam, as florestas são habitadas por ninfas, estrelas são pessoas e existem milhares de criaturas fantásticas. As Cronicas de Narnia pode ser considerada O Senhor dos Anéis dos adolescentes, e umas coisa que aproxima muito as duas series é o fato dos dois autores terem sido amigos.
Seria realmente muita mão de obra resumir os sete livros, por isso eu termino o post dizendo que eu realmente recomendo Narnia para quem quer ler sobre aventura e ficção. E a propósito o 3° filme sobre Narnia -A Viagem do Peregrino da Alvorada - vai ser lançado dia 10 de dezembro.

17 de out de 2010

Nerds - Editora iD

Essa é uma nova editora voltada para os jovens adultos. Já teve 10 lançamento e eu fiquei realmente entusiasmada para ler algum deles, mas como a editora é nova (acho que foi lançada esse mês) eu só achei a sinopse deles e não uma opinião sobre eles. Porem dois deles já são meio famosos; Blue Bloods da Melissa de la Cruz e Vampire Kisses (Traduzido como Beijos de vampiro) da Ellen Schreiber. E também tem um livro do Scott Westerfeld (autor das series: Feios e Vampiros em NY) chamado Midnighters, na verdade esse é o 1° livro de uma serie.
As capas são lindas principalmente de Ninguém como Você (me lembra Soul Love) e de Sociedade Secreta. Um outro que eu to ansiosa para ler é Nossas Rainhas, que são varias cronicas sobre garotos, família, rivais, etc. E umas dessas cronicas é da Meg Cabot.
Eu não entendi direito mas a editora iD tem alguma coisa a ver com a editora moderna, por isso em alguns sites de livraria as vezes aparece a moderna como editora e não a iD.
Vale muito a pena entrar no site e conferir todos os 10 livros: http://www.editoraid.com.br/

9 de out de 2010

Nerds - Jane Eyre

Esse é um dos livros das irmãs Brontë (apesar do sobrenome elas são inglesas) da Charlotte, para ser mais especifica, e como eu amo a literatura inglesa e esse livro sempre fica entre os top 100 melhores livros escritos em ingles eu resolvi ler ( mas a Mia de Diario da Pricesa ter lido e gostado desse livro ajudou a eu querer compra-lo)
O livro é sobre Jane Eyre, uma menina que é orfã de pai e mãe e por isso mora com a tia, que maltrata ela. Depois de uma discusão com essa tia Jane vai para uma escola lá ela vive cerca de 6 anos estudando e mais 2 sendo professora, ate que ela resolve virar precepitora e ela vai para a casa de Edward Rochester ensinar a pupila dele, Adele. Já vou adiantar que Edward e Jane se apaixonam e que é bem fofinho os dois juntos, mas é claro que alguma coisa tinha que acontecer para separar os dois, ai tem que ler o livro para ver se eles ficam juntos ou não...
A historia se passa na Inglaterra vitoriana e o livro foi escito em critica à Jane Austen, (aparentemente as heroinas da Jane só se preocupavam com o cassamento e Charlotte criticou isso fazendo Jane Eyre ir atras de um emprego e não um casamento) mas apesar disos eu acho que quem gosta de Orgulho e Prconceito (J. Austen) vai gostar de Jane Eyre.
Quero só fazer um ultimo comentario, é um absurdo o Brasil só ter uma edição de varios livros que são considerados clasicos da literatura.

4 de out de 2010

Algo Mais - Hellcats

Essa é a nova serie da CW (Gossip girl, Vampire Diaries, Supernatural, 90210, One Tree Hill, etc) e não vou comparar às duas primeiras series citadas (que eu amo de paixão) mas Hellcats é bem legal. É tipo Glee, mas em vez do coral tem as lideres de torcida e em vez de eles cantarem eles dançam. As duas series são divertidas (não posso chamar de engraçadas, porque pra mim engraçado é o Simpsons, The big bang Theory e Two and a Half man) com dramas com a família, os amigos, professores, namorados, vontade de vencer um campeonato, o de sempre. Mas apesar de eu ter comparado com Glee, os personagens são bem diferentes, e as musicas de Hellcats ate que são bastante atuais enquanto Glee tem musicas de todas as épocas e gêneros diferentes.
Personagens: Marti Perkins (Alyson Michalka) estuda direito mas ele perde a bolsa e por isso entra na equipe de lideres de torcida pra conseguir uma nova bolsa.
Savannah Monroe (Ashley Tisdale) é uma líder de torcida toda certinha e regrada e que começa a sair com o melhor amigo da Marti (que ate que é gatinho) a partir do (eu não tenho certeza) final do 2° episódio. Acho que a historia dos dois vai ser fofinha, na verdade tem tudo para ser fofinha... Ela é toda fofa, ele é meio galinha...
Hellcats tem outros personagens também interessantes, mas eu não quero estragar a surpresa quando vocês forem assistir. Tá bom é mentira, a verdade é que eu to com preguiça de escrever.
A serie acabou de estreitar nos EUA ( essa semana sai o 5° episódio) então sem previsão de quando e em que canal vai passar aqui no Brasil.

video

29 de set de 2010

Idiotas - Orgulho e Preconceito e Zumbis

Aparentemente fazer parodias ou masups (o termo fica na escolha do leitor) esta em moda. vi livros como Dom Casmurro e os Discos Voadores, Senhora - A bruxa, Razão e Sensibilidade e Monstros Marinhos, Escrava Isaura e o Vampiro, Andróide Karenina e talvez a parodia mais famosa do momento Opúsculo. Eu gosto bastantes das parodias, com elas você consegue enxergar os defeitos do livro e rir deles, se bem que depois de ler OePeZ eu percebi o quanto o livro original é genial.
Em OePeZ o autor aproveita totalmente a obra da Austen e só muda alguns detalhes, como as irmãs Bennet serem caça zumbis, o Mr. (suspiros) Darcy também ser caça zumbis, o autor também aumentou bastante a ironia do livro e colocou algumas cenas de ação.
Certo este post não foi dos melhores, mas eu também não tenho muito o que falar do livro, só que o livro é engraçado (mas não espere rolar de tanto rir) tem figuras (só algumas, mas eu fiquei feliz de ler um livro com figuras fazia tempo que isso não acontecia) e eu sinceramente só recomendo esse livro para os fãs da Austen.
A propósito saiu um livro sobre a Jane Austen chamado Jane Austen - a Vampira. Assim que eu terminar de ler eu posto sobre ele aqui.

24 de set de 2010

Nerds - Meg Cabot (part II)

Hoje vou postar sobre 3 livros lançados recentemente (leia-se não tão recentes assim) da minha autora preferida de todos os tempo, Meg Cabot. E apesar de ser minha autora preferida esses três livros em questão foram meio decepcionantes.
Aprendendo a seduzir: Eu estava louca por esse livro, já tinha lido um livro (A Rosa do Inverno) do mesmo gênero da Patricia (Meg) Cabot e eu tinha adorado. Com esse eu fiquei um tanto decepcionada.
Lady Caroline estava em um baile e encontra seu noivo beijando (beijando é um eufemismo, viu!) outra mulher. Ai ela decidi ter aulas de como seduzir com o homem mais mulherengo da cidade, porque se ela aprendesse como seduzir o noivo dela não iria mais trair ela.
Eu adorei a sinopse e eu estava super ansiosa com esse livro, mas o mistério ( todo romance histórico tem o mistério de um crime) que tem no livro é meio sem noção e tudo bem que eu já esperava por um romance cliché (eu posso conviver com o cliché) mas amor verdadeiro em menos de um mês eu não consigo engolir muito bem. Eu fiquei bem surpresa quando descobri que A Rosa do Inverno foi lançado antes de Aprendendo a seduzir, ARdI parecia bem mais maduro que AS. Ah! É claro que o livro tem cenas calientes, mas digamos que elas são legais mas tão longe de serem as melhores que eu já li.
Ela foi ate o Fim: Lou Calabrese é uma roteirista que sofre um acidente de avião e fica perdida no meio do Alasca com um ator que ela detesta, alias o sentimento é reciproco).
A sinopse é linda, o livro engraçado, a parte de ação é legal, cenas bastante caliantes, tudo seria perfeito se ele (o ator gostosão que o Lou detesta no começo do livro) não resolvesse pedir ela em casamento depois de uma semana convivendo juntos. Isso foi muito, mas muito forçado, MESMO. Mas apesar disso o livro é legal, só não é o melhor que o Meg já escreveu.
Cabeça de vento: Em (o nome dela é Emerson, tem uma explicação plausível pelo nome masculino) é uma nerd, viciada em jogos de computador e apaixonada pelo melhor (e único) amigo. Um dia ela estava numa loja ai uma TV cai nela, o corpo dela fica destruído ai fazem um transplante cerebral nela para o corpo sem cérebro disponível no momento, o corpo de uma super modelo. Por alguns motivos ela tem que agir como se fosse a tal modelo. O problema é que a vida de modelo não é tão fácil assim, Nikki (Nikki é o nome da modelo) tem um namorado do tipo vai-e-volta, Nikki pega o namorado da amiga e tem um canto britânico super gato que esta dando em cima dela. Mas o pior de tudo é ela não poder agir com o melhor amigo dela como ela sempre agiu, já que tecnicamente eles não se conhecem.
Esse livro não chegou a ser uma decepção, do meio pro final do livro a historia é fantástica (talvez eu tenha exagerado um um pouco, troquem fantástica por realmente muito bom) tem romance, muita comédia e tudo o que os livros da Meg tem. O único defeito que eu achei (que nem chega a ser um defeito, porque metade dos livros são assim) foi o começo do livro. O começo foi meio morno, o que nunca acontece com os livros da Meg.
O livro faz parte de uma serie (ainda não descobri se é serie ou triologia) com outros dois livros já lançados nos EUA.
E isso é tudo pessoal....

21 de set de 2010

Nerds - O Cadaver que Ri

Esse livro é fantástico!!! Eu achava que Gossip Girl era sarcástico, mas não é nada comparado a esse livro. Você praticamente pode sentir o sarcasmo escorrendo dele com frases como; “- Você tem certeza que não quer um pouco de ação? - Eu tenho tanta ação que nem sei o que fazer com ela – eu disse.” ou "-Você é um filho da puta irritante. - "Ah, ma petite, como eu posso resistir a você quando você sussurra tão doces palavras para mim?" ou "Em algum lugar fora dali, amanhã, alguém colocaria meu nome na lista dos afazeres. Pegar a roupa na lavanderia, fazer compras no supermercado, matar Anita Blake." uma ultima frase “Você não se voluntária para lutar com vampiros, isso diminui sua expectativa de vida.”
Quando eu fui comprar OCqR não percebi que era o 2° livro da serie Anita Blake, mas eu não tive nenhum problema em relação a isso, ja que o livro não depende muito do livro anterior. A serie da AB foi lançada em 1993 (ano em que moi nasceu) e dessesete anos depois a serie ainda existe com 19 livros já lançados(o 20° será lançado ano que vem, e talvez seja o ultimo, afinal depois de vinte livro.... Mas eu não achei nada dizendo que esse seria o ultimo livro.).
No mundo de Anita, vampiros, (os do tipo normais, que não saem à luz do sol, que são em sua maioria malvados, que dormem em caixões e não brilham, traduzindo o vampiro original do tipo Bram Stoker e Anne Rice) zumbis, bruxas, mortos-vivos,demônios e pessoas que se transformam em animais existem e convivem com os humanos. Nesse mundo Anita é uma caçadora de vampiros que consegue reviver cadavers na forma de zumbi.
Essa serie é mais do tipo ação, aventura, sobrenatural e mistério (e comédia se você gosta de sarcasmos e costuma rir com ele) do que do tipo romance. Romance é uma palavra que praticamente não existe, pelo menos pelo que eu li de spoliers, a palavra passa a existir mais ou menos no 4° livro. Mas eu não achei que o romance fez muita falta, o mistério do livro é contagiador. E a Anita é uma personagem maravilhosa ela faz as coisas, mas ela é muito medrosa, ela sempre é sarcástica e realista ela também coleciona pinguins.
Em O Cadaver que Ri, um cara pede para Anita resusitar um cadáver com mais de 300 anos, ela se recusa a isso e ele começa a ameaçar ela de morte. Anita também trabalha na policia e assassinatos paranormais começam a acontecer, e ela tem que pegar o monstro que esta causando isso logo. Tem uma sacerdotisa do vudu querendo a matar e alem disso o vampiro chefe da cidade esta quase que perseguindo ela porque ele quer sair com ela, mas como ela diz no primeiro livro "Eu não saio com vampiro. Eu os mato".
Para a infelicidade dos fãs a serie é da rocco, então vai demorar algum tempo ate lançarem os outros livros (ate agora só lançaram dois livros). Mas a boa noticia é que provavelmente já tenha as traduções na Internet ( pelo menos eu realmente espero isso).