13 de abr de 2010

Nerds - A Rosa do Inverno/ O Sabor da Inocência

Hoje eu vou falar sobre dois Romances Históricos que nada mais são do que " Grandes histórias de amor, em sua maioria ambientadas na Inglaterra dos séculos 17-19. Os enredos são temperados com erotismo, paixão, sedução e sensualidade." - By http://www.essencialivros.com.br/
Eu adorei A Rosa do Inverno, mas eu sou suspeita porque eu adoro todos os livros da Meg.
A historia é bem diferente, Peg tem um sobrinho que é filho de um lorde, mas como o pai dele morreu o tio dele "irmão do pai" acaba cuidando das propriedades da família. Um belo dia o tio, que é daquele tipo de galinha que todos nós adoramos, brota de sabe-se lá onde e resolve adotar o sobrinho, portanto o leva para morar com ele e acaba levando a tia também. Claro que a Peg e o tio, que a propósito se chama Edward, acabam se apaixonando.
O livro é bem fofinho, então é perfeito para românticas incorrigiveis e principalmente para quem gosta de historia porque o livro se passa na Inglaterra de 1800 e pouco. Eu me lembro que assim que eu terminei de ler Crepúsculo eu comecei a ler esse livro então eu fiquei pelo menos uns 4 messes suspirando pelo nome Edward hahahahaha.
 
O Sabor da Inocência é outro romance histórico que se passa na Inglaterra de 1800 e pouco e que também é fofinho.
A historia é sobre o Charlie e a Sarah, ele precisa se casar então ele pensa nela só que ela só quer se casar por amor. A crise do livro é que ele se recusa a se apaixonar e ela acaba sofrendo muito por isso.
No final tem uma parte que é meio sem noção, mas o final FINAL, tipo as ultimas 5 paginas é bem fofinho.
E digamos que o livro é extremamente detalista em algumas partes e que essas partes acontecem com frequência no livro. Portanto seguidores da moral e dos bons-costumes não vão achar uma boa leitura.
Esse livro eu recomendo para quem gosta bastante do gênero, porque o preço é um pouco alto.
Agora quem gosta de romances históricos mas não quer gastar muito dinheiro o melhor é comprar livros de banca, que são baratos e suprime a carência de quem é louco por livros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário