8 de set de 2010

Nerds - O Diario de Bridget Jones

DBJ a mais ou menos um ano atrás, eu gostei do livro o suficiente para não vender ele ao sebo, mas eu não gostei tanto a ponte de pensar em reler ele em um futuro próximo (futuro próximo é dois ano, e sim, eu sempre releio os meus livros). O livro é engraçado e com algum romance, mas nada de espetacular. Só que ultimamente eu to achando que eu não adorei o livro porque na época eu não devia estar muito no clima para o livro.
Eu aqui falando minha opinião do livro sem explicar a historia antes... Como todo mundo que tem TV a cabo, ou assiste aos filmes do SBT, deve saber DBJ tem um filme, que vez muito sucesso nos anos 90 e blablabla... BJ é um inglesa de cerca de trinta anos, solteira, fumante, que bebe bastante, lê livros de auto ajuda, esta um pouco acima do peso, é apaixonada pelo chefe, como toda boa inglesa é apaixonada pelo Mr. Darcy de Orgulho e Preconceito ( alias o 1° livro da BJ é uma releitura de OP) tem um emprego que não é exatamente o melhor do mundo, mas que dá para o gasto, em fim é uma mulher comum, com uma vida de mulher comum e problemas de mulher comum. Durante a historia ela se mete em confusões engraçadas, constrangedoras, etc. Para mais informações leia o livro.
Em abril em comprei continuação de BJ (com vergonha admito que só comecei a lê-lo nessa segunda) eu acho que eu comprei mais em respeito aos Chick lit (meu gênero literário favorito, e que só começou graças a BJ) do que pelo livro em si, para dizer a verdade quando eu comprei ele, eu nem cheguei a ler a contra capa.
Estou tão arrependida disso! BJLR é muito, mas muito mesmo, engraçado. E tem aquele romance típico de Chick lit, com o diferencial que nesse livro o casal passa alguns meses sem se ver porque eles tinham terminado (ops! falei...). Isso era uma coisa meio que inédita para mim. O casal brigava e passava algum tempo sem se falar, mas nunca quase que um livro inteiro (ops! acho que falei de novo).
Nesse livro, BJ estava feliz com o namorado dela ate um amiga (que não é bem amiga dela) aparecer e começar a dar em cima dele. Já da para imaginar mais ou menos como a historia continua...
Não sei mas o que dizer, a não ser que o romance do livro é daquele tipo delicioso, fácil de se ler e não meloso demais e que o livro é realmente engraçado. E eu termino esse post com um parte do livro que eu ri bastante.
Situação: Um casamento cujo alguns convidados não puderam comparecer por isso estavam lendo alguns recados desses convidados. Leram todos, menos o de um amigo gay da noive que tinha escrito assim:
"Te desejo que este seja o primeiro de muitos"

Um comentário: