22 de jul de 2011

Nerds - Cidade da Penumbra

Terceiro livro da francesa Lolita Pille, a cada livro que passa eu juro que eu a amo mais e mais. Apesar de o meu livro preferido dela ainda ser Bubble Gum, CdP também é maravilhoso. CdP é sobre um a sociedade utópica, mais ou menos como Matrix, Blade Runner ou Adimiravel Mundo Novo. Vamos à resenha.

Clair-Monde é uma cidade onde a beleza é possível e a felicidade plena não é uma utopia, onde a juventude eterna é quase possível, todos têm direito a cirurgias plásticas e a cocaína é vendida em farmácias. Nessa cidade vive Sid, um policial cabeça dura que se recusa a viver da maneira que a sociedade de Clair-Monde dita que se deve viver.

Sid trabalha na Preventiva-Suicídios da cidade, durante um apagão na cidade inteira (a luz do Sol não chega mais à cidade, a cidade funciona a base de eletricidade 24horas por dia) um obeso se suicida e Sid não consegue salva-lo. É a partir dai que Sid começa a investigar a morte suspeita desse obeso e alguns dos mistérios dessa cidade e percebe que afinal esse cidade utópica não é tão utópica assim.

O começo do livro é bem confuso. É uma sociedade bem diferente da que nós conhecemos, com coisas novas e historias novas, por isso demora um pouco para entender algumas coisa. Talvez essa seja a melhor parte do livro: o mistério em relação às coisas. O suspense e os mistérios são o ponto alto do livro, se você é do tipo romances policiais, você vai adorar esse livro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário